Cç. Bento Rocha Cabral, 14 (Largo do Rato) 1250-047 Lisboa, Portugal
+351213882993
iicbrcabral@gmail.com

Ciência ConVida

A mais antiga Instituição privada portuguesa dedicada à Investigação Científica

Projecto Ciência ConVida   

 O ciência conVIDA tem sede no Instituto de Investigação Cientifica Bento da Rocha Cabral (IICBRC), um espaço que possibilita a vivência em ambiente de laboratório e de museu. É um grupo com formação científica e experiência em Investigação e Comunicação da Ciência. Os seus 2 elementos, Ângela Inácio (Nota Biográfica – AI) e Eunice Carriço (Nota Biográfica – EC) têm formação nas áreas da Biologia e Pedagogia. Na Investigação desenvolve trabalho em Ciências Biológicas e Biomédicas. Na comunicação científica possui experiência abrangendo vários níveis académicos, o ensino básico, o secundário e o universitário, incluindo estudos pós-graduados. O grupo pertence ao Centro de Filosofia das Ciências da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa e tem um protocolo  com o Museu de História Natural e Ciência (MUHNAC), na área do restauro e conservação de material científico com valor museológico.

ciência conVIDA considera que a cultura científica, a ligação entre o passado e o presente, a evolução do pensamento científico e a sua articulação com a sociedade, precisam ser revitalizados, tendo como objetivo principal interagir com a sociedade ativa através da divulgação científica e da popularização da Ciência. As suas atividades incluem o turismo cultural, oficinas pedagógicas, apoio a visitas de estudo, formação para docentes e a organização de seminários e conferências.

Temos sede no Instituto de Investigação Cientifica Bento da Rocha Cabral

Nota Biográfica_AI 

Nota Biográfica_EC

Condições para a participação nas atividades

 

– Cada opção abrange um período diário (manhã ou tarde).

– Só é possível ocorrer 1 opção por período (manhã ou tarde).

– Na escolha de mais do que uma opção terão que se considerar o número de períodos diários correspondentes.

– A duração de cada opção é cerca de 180 minutos (2h30m).

– A participação é gratuita para professores e/ou outros acompanhantes.

– O número máximo de crianças é 25.

– Durante as visitas os alunos serão divididos em 2 grupos, executando uma atividade em paralelo e alternando após o término.

– É aconselhável o uso de vestuário prático e de sapatos fechados.

– O dia e horário das atividades deve ser combinado entre a organização e a Escola com a devida antecedência.

PRÉ-ESCOLAR

      

 Folha a folha se faz uma árvore      

                                         

        As atividades a desenvolver envolvem 3 momentos e espaços diferentes, com os seguintes objetivos:

             1 –  Visita ao Jardim das Amoreiras

            – Observar as árvores do jardim e distinguir as suas partes constituintes (a copa, o tronco, as folhas, etc).

            – Identificar as árvores pela comparação entre as suas diferenças.

            – Recolher folhas que serão levadas para o laboratório. 

(duração aproximada 1.20 h)

 

2 – Trabalho no laboratório

            – Observar as folhas que trouxeram do jardim com lupa de mão, lupa binocular e  microscópio.

           – Executar uma pequena atividade experimental, com o uso de corantes alimentares, que demonstra como as plantas absorvem água.

               (duração aproximada 45 min.)

            3 – Atividade prática no pátio exterior do Instituto – a importância da reciclagem do papel na preservação das árvores.

            – Separar papel/cartão para reciclar.

            – Fazer papel reciclado artesanalmente.

            (duração aproximada 45 min.)

1º CICLO

2º Ano

                Opção A – Um mundo microscópico

1.       Conhecer a existência de um mundo vivo invisível a olho nu

Atividade prática “Aumentando o micróbio” – observação de microrganismos ao microscópio.

2.       Estimular a prática de cuidados de higiene

Atividade experimental “Antes e depois de lavares as mãos” – teste prático com as mãos higienizadas/não higienizadas com observação de culturas de microrganismos, utilizando lupa binocular.

Atividade experimental “Torna a água potável” – utilização de métodos para tornar a água potável com uso de material de laboratório.

3.       Reconhecer a importância da vacinação para a saúde

Visionamento de um pequeno filme de animação e discussão sobre este tópico.

                   Opção B – Do dia-a-dia para o laboratório

1.       Identificar diferentes propriedades de alguns objetos e materiais de uso comum no nosso dia-a-dia

Atividade experimental “Os materiais à tua volta” – com o recurso a equipamentos de laboratório testam-se diferentes propriedades (resistência, solubilidade, dureza, transparência, combustibilidade e flexibilidade) de objetos e materiais.

2.        Distinguir as propriedades do ar

Atividade experimental “Confirma-se! O ar existe mesmo” – a partir do manuseamento de materiais de laboratório, chegam-se às propriedades do ar e ao reconhecimento da sua existência.

3º Ano

                    Opção A – Tenho os olhos da minha mãe e o nariz do meu avô

1. Compreender as relações de parentesco e como se transmitem as características

Atividade prática “O que tenho de parecido com os meus pais?” – construção de uma árvore genealógica cruzando as relações de parentesco com noções de hereditariedade.

2. Conhecer os elementos que transportam as características – os cromossomas

Atividade prática “Um correio dentro da família” – observação de cromossomas ao microscópio.

3. Conhecer algumas técnicas utilizadas em laboratório para testar a hereditariedade

Atividade prática “Vou ao laboratório de Genética” – análise dos resultados de um teste genético com a observação do equipamento utilizado.

Opção B – Vamos conhecer o Instituto Bento da Rocha Cabral – “Visita Guiada”

1. Conhecer a história do Instituto e do local envolvente (Largo do Rato, Jardim da Amoreiras e Mãe d´ água)

Passeio dentro e fora do Instituto acompanhado de explicações sobre o passado local.

2.  Conhecer as plantas do Jardim dos Amoreiras

Atividade prática – identificação e classificação de algumas plantas.

3.  Identificar os tipos de rochas ornamentais presentes na construção do Instituto e de outras construções do espaço                   envolvente

Atividade prática – identificação e classificação das rochas utilizadas como fonte de matéria-prima.

Nota: A “Visita Guiada” é única, interativa e engloba os 3 tópicos.

                                                                

4º Ano

              Opção A – Consigo ver o interior do meu corpo

1.       Conhecer o contributo do Instituto Bento da Rocha Cabral para o estudo do corpo humano

Atividade prática “Uma sala de operações muito especial” – visita guiada a uma sala de operações do séc. XX utilizada  para ensaios com animais de laboratório.

2.       Identificar os ossos do corpo humano

Atividade prática “Os meus ossos ao raio X” – estabelecimento da relação entre as imagens de ossos em Raio X, a sua localização e função no organismo

3.       Explorar imagens de vários tecidos do corpo humana

Atividade experimental “Os meus músculos vistos ao microscópio” – observação de tecidos ao microscópio.

Nota: A abordagem destes 3 tópicos será contextualizada na História da Ciência em Portugal nos períodos do fim da Monarquia/Implantação da República e Estado Novo.

            Opção B – O maravilhoso mundo da água

1.       Explorar os fenómenos de transformação dos estados físicos da água

Atividade experimental “O ciclo da água em laboratório” – realização de experiências com alterações da temperatura, utilizando material de laboratório.

2.       Conhecer o princípio dos vasos comunicantes

Atividade experimental “O princípio dos vasos comunicantes em laboratório” – realização de experiências com a utilização de material de laboratório.

3.       Avaliar a importância da água na produção de energia elétrica

Atividade experimental “Como é que a água produz luz” – realização de experiências em laboratório.

2º ciclo

    5º ano

 

            Opção A – O solo: onde todos os subsistemas terrestres se unem

1. Identificar a composição inorgânica presente em diferentes tipos de solos

Atividade prática “A parte mineral dos solos” – identificação de minerias e/ou rochas presentes em amostras de diferentes tipos de solos com o recurso a técnicas simples e materiais laboratoriais.

Observação in loco (no interior do IBRC) de diferentes tipos de rochas e compreender como são utilizadas

2.Observar a matéria orgânica macroscópica presente em diferentes tipos de solos

Atividade prática “A manta morta dos solos” – observação de matéria orgânica à vista desarmada e com lupa binocular, em diferentes tipos de solos.

3. Compreender a importância da porosidade dos solos

Visionamento de um pequeno filme sobre a relação entre a porosidade dos solos e a presença de ar, de água e vida.

             Opção B – Do dia a dia para o laboratório: a hidrosfera

1. Distinguir as propriedades da água

Atividade experimental  “Vou descobrir a água” – a partir do manuseamento de materiais de laboratório, chegam-se às propriedades da água tais como a tensão superficial, a capilaridade e os movimentos de convecção.

2. Reconhecer a importância da qualidade da água para o consumo humano

Atividade experimental “Torna a água potável” – utilização de métodos simples para tornar a água potável, utilizando material de laboratório.

            Opção C – Do dia a dia para o laboratório: a atmosfera

1.Distinguir as propriedades do ar

Atividade experimental “Confirma-se! O ar existe mesmo” – a partir do manuseamento de materiais de laboratório, chegam- se às propriedades do ar e ao reconhecimento da sua existência.

2.Compreender fenómenos atmosféricos

Atividade experimental “Vamos fazer chuva!” –  em laboratório, provocam-se a condensação do vapor de água e a precipitação.

Atividade prática “Vou construir um barómetro” – construção de um dispositivo simples para detetar a pressão atmosférica

3. Conhecer as consequências da poluição atmosférica

Atividade experimental “O que é a chuva ácida?” – utilização de indicadores de ácido/base para identificar a chuva ácida.

Atividade experimental “A ação da chuva ácida sobre os monumentos” – observação da ação da chuva ácida sobre os calcários.

            Opção D – Visita ao Jardim das Amoreiras

1. Conhecer a biodiversidade vegetal do Jardim das Amoreiras

Observar as árvores do jardim e distinguir as suas partes constituintes (a copa, o tronco, as folhas, etc).

Identificar as árvores pela comparação entre as suas diferenças.

Recolher folhas que serão levadas para o laboratório.

2. Identificar diferentes tipos de folhas

Atividade prática “Vou identificar diferentes tipos de folhas” – observação das folhas trazidas do jardim com lupa de mão e lupa binocular e sua identificação.

6º ano

            Opção A – Dos alimentos aos nutrientes

1.   Perceber a importância da mastigação na digestão

Atividade experimental “Porque a minha boca é uma máquina trituradora” – perceção dos benefícios da mastigação com recurso a manipulação de material de laboratório.

                2. Compreender a função dos movimentos peristálticos

Atividade prática “Porque se mexe o meu esófago?” – utilização de modelos físicos interativos que simulam os movimentos de descida dos alimentos no esófago.

3. Distinguir alguns dos processos químicos que ocorrem no estomago

Atividade experimental “Coitados dos alimentos!” – realização em “tubo de ensaio” de algumas reações químicas congéneres das promovidas pelo suco gástrico.

            Opção B – Porque respiramos a toda a hora?

 

                    1.  Perceber a importância do diafragma na ventilação pulmonar

Atividade prática “Como enchem e desenchem os meus pulmões” – utilização de modelos físicos interativos que simulam os movimentos da ventilação.

2. Distinguir entre o ar inspirado e ar expirado

Atividade experimental “Não parecem mas são diferentes” – utilização de material de laboratório para comparar propriedades entre o ar inspirado e o expirado.

3.Confirmar a existência de trocas gasosas na respiração celular

Atividade experimental “Encher o balão com a respiração” – utilização de material de laboratório e biológico para verificação da produção de gás pelas células.

11º ano

Opção A – A Reprodução

1.    Barrigas de aluguer – seminário sobre questões técnicas, seguido de debate sobre questões éticas. Esta etapa assentará nos assuntos abordados no livro “Fear, wonder and Science; in the new age of reproductive biotechnology”, de Clara Pinto-Correia, cientista residente no IBRC.

2.    Fecundação no ouriço do mar – atividade experimental de fertilização in vitro seguida de observação microscópica das primeiras etapas do desenvolvimento embrionário.

(esta atividade ocorre entre os meses de maio e junho)

Opção B –O DNA

1.    Clonagens e mutantes – seminário que permite esclarecer acerca das potencialidades das tecnologias laboratoriais atuais. Afinal o que é ficção e o que é real?

2.    Extração do DNA – atividade experimental em laboratório com recurso a micropipetas.

3.    Observação de cromossomas – visualização ao microscópio de mitoses.

12º ano

Genética Humana

Da Citogenética à Biologia Molecular

As atividades a desenvolver decorrem em diferentes espaços do Instituto Bento da Rocha Cabral correspondentes à evolução de ambientes de trabalho ao longo da história da Ciência e da Tecnologia nas Ciências Biomédicas. 

1.   Na histórica sala de conferências será dado a conhecer como o Instituto Bento da Rocha Cabral se tornou uma referência na Ciência do início do séc. XX.

2.  Visita guiada aos Laboratórios históricos e atuais numa sequência cronológica com referências a alguns dos mais emblemáticos Investigadores que aí trabalharam.

3.   Atividade prática associada a procedimentos laboratoriais e interpretação de resultados de algumas técnicas utilizadas correntemente na análise genética:

3.1. PCR (Polymerase Chain Reaction) – Biologia molecular

3.2. Análise de cariótipos – Citogenética

NOTA: As opções e atividades encontram-se divididas por níveis, tendo sido organizadas segundo as metas curriculares e os conteúdos programáticos em vigor, o que não invalida a escolha de opções de um nível não correspondente ao lecionado.

FICHA DE INSCRIÇÃO Ficha de Inscrição


Segue-se a proposta de atividades do ciência conVIDA, a realizar no Instituto de Investigação Científica Bento da Rocha Cabral (IICBRC).

A escolha das atividades, os dias em que se realizarão e que crianças participarão fica ao critério da equipa que coordena o programa das Férias (CAFs e AAAFs ou outros). 

As atividades 1 a 6 têm a duração de 2 horas. As atividades 7 a 12 têm a duração de 1 hora. Por opção é possível realizar 2 atividades de 1 hora seguidas.

Aconselha-se vestuário e calçado confortáveis e o uso de chapéu.

Para mais informações contactar ciencia.convida@gmail.com. 

Lista de atividades

Atividade 1

Folha a folha se faz uma árvore

Descrição

Visita ao Jardim das Amoreiras seguida de atividade laboratorial no IICBRC. Esta atividade tem a duração de 2 horas.

 

Atividade 2

Torna a água potável

Descrição

Atividade laboratorial no IICBRC seguida de visita guiada ao Reservatório da Mãe d`água. Esta atividade tem a duração de 2 horas.

 

Atividade 3

Os materiais à tua volta

Descrição

Atividade laboratorial no IICBRC seguida de jogo sobre o tema no espaço interior do edifício do IICBRC. Esta atividade tem a duração de 2 horas.

 

Atividade 4

Os segredos escondidos nas “pedras”

Descrição

Atividade laboratorial no IICBRC seguida de observação de exemplares de rochas no espaço interior do edifício. Esta atividade tem a duração de 2 horas.

 

Atividade 5

A Terra e a Lua – planetas amigos

Descrição

Atividade laboratorial no IICBRC seguida de interação com simulador de impacto de meteoritos. Esta atividade tem a duração de 2 horas.

 

Atividade 6

Aumentado o micróbio

Descrição

Atividade laboratorial no IICBRC seguida de teatralização sobre o tema. Esta atividade tem a duração de 2 horas.

 

Atividade 7

Confirma-se! O ar existe mesmo

Descrição

Atividade laboratorial no IICBRC. Esta atividade tem a duração de 1 hora.

 

Atividade 8

De quem é esta impressão digital?

Descrição

Atividade laboratorial no IICBRC. Esta atividade tem a duração de 1 hora.

 

Atividade 9

Vamos separar e juntar as cores!

Descrição

Atividade laboratorial no IICBRC. Esta atividade tema duração de 1 hora.

 

Atividade 10

Líquidos diferentes, comportamentos diferentes

Descrição

Atividade Laboratorial no IICBRC. Esta atividade tem a duração de 1 hora.

 

Atividade 11

Pesca Magnética

Descrição

Atividade Laboratorial no IICBRC. Esta atividade tem a duração de 1 hora.

 

Atividade 12

Porque é que os peixes não se afundam?

Descrição

Atividade laboratorial no IICBRC. Esta atividade tem a duração de 1 hora.